Prevenção da violência sexual e da violência pelo parceiro íntimo contra a mulher

A violência sexual e a violência praticada pelo parceiro íntimo afetam uma grande proporção da população – sendo mulheres a maioria que vivencia diretamente essas violências e a maioria que as perpetram, homens. O dano que elas causam pode durar uma vida inteira e abrange gerações, com efeitos adversos sérios na saúde, na educação e no trabalho. A prevenção primária desse tipo de violência, portanto, salvará vidas e dinheiro – investimentos realizados agora, para acabar com a violência sexual e a praticada pelo parceiro íntimo antes que ocorram, protegerá o bem-estar físico, mental e econômico e o desenvolvimento de indivíduos, famílias, comunidades e sociedades. O presente documento objetiva providenciar informações suficientes aos formuladores de políticas e planejadores para desenvolverem programas de prevenção, orientados por dados e baseados em evidências, contra a violência sexual e a praticada pelo parceiro
íntimo.