Uma história da violência contra a mulher na cidade de Goiânia

O objetivo dessa dissertação é investigar como o fenômeno da violência contra a mulher foi construído como um problema social, na cidade de Goiânia, através da imprensa escrita goianiense. Para tal reflexão, perscrutei alguns jornais do final do século XIX e início do século XX, referentes à cidade de Goiás, antiga capital do Estado de Goiás, e do período de 1940 a 1980, da cidade de Goiânia. É fato, que após a década de 1980, com o surgimento dos grupos feministas, a violência contra a mulher passou a ser discutida na sociedade como um problema a ser combatido. Todavia, esse fenômeno é antigo e recorrente, inclusive na própria imprensa, no período anterior a década de 1980. Analiso as diferentes questões diante dessa violência, em momentos distintos, mas que se integram numa rede relações, que fizeram parte da constituição dessa violência, como um problema social em Goiânia.

Mestranda: Lívia Batista da Costa.
Orientador: Prof. Dr. Marlon Salomon.