PEIC 2015 realizado na ONG SOS Mulher e Família encerra as suas atividades

O programa consistiu em oferecer formação continuada para equipe de profissionais de diferentes áreas, como serviço social, psicologia, direito, administração, história, relações internacionais, enfermagem, sejam voluntários, estagiários, bolsistas ou funcionários, que atuam direta ou indiretamente com o público envolvido com violência de gênero, conjugal e intrafamiliar e apoio técnico, teórico, vivencial e humano, às ações de gestão, comunicação e atendimentos da ONG SOS Mulher e Família de Uberlândia.

A formação se concretiza por meio de cursos, oficinas e estudos em equipe e de trabalho com diferentes temáticas relacionadas à violência, gênero, poder, movimentos sociais, políticas públicas afins, masculinidades, concepções de família, alienação parental, abuso de substâncias psicoativas, Lei Maria da Penha e legislação correlata, mitos e “ciclos” que envolvem a violência doméstica, diagnósticos sobre atendimentos, discussões de casos, dentre outros temas escolhidos pela equipe participante. Metodologicamente, há textos base para leituras ou exercícios a serem previamente feitos, de modo que todos são sujeitos no processo e há interação para a construção coletiva. Têm acontecido mensalmente com duração aproximada de 1h 30 min.

                Além do espaço com uma formação mais teórica, desenvolvemos um grupo de convivência, intitulado Cuidando dos Cuidadores, no qual buscamos acolher os sentimentos mobilizados pelos atendimentos e nas relações interpessoais entre a equipe de profissionais, e mediados pelas psicólogas Simone Neves e Maria das Graças Nascimento Reis, utilizamos de recursos estéticos da cultura como música, cinema, dança, arte, literatura para nos fortalecermos enquanto grupo.

                Neste semestre, também realizamos o I Simpósio da ONG SOS Mulher e Família, com o tema “Gênero e Políticas Públicas: Trilhando caminhos e perspectivas”. Este primeiro Simpósio foi um marco nos 18 anos da ONG SOS Mulher e Família que neste ano de 2015 promoveu ações de integração e aproximação com a rede de enfretamento a violência doméstica, familiar e de gênero em Uberlândia.

Neste ano de 2015, as alunas puderam experienciar uma atuação dentro de uma instituição enquanto profissionais, exercendo o saber acadêmico no dia a dia da ONG, produzindo novos conhecimentos. A ONG tem participado do programa PEIC há mais de 10 anos, e a parceria com a Universidade Federal de Uberlândia sempre representou um espaço de trocas e aprendizado, no qual as (os) alunas (os) pudessem desenvolver ações de ensino, pesquisa e extensão.  

 

DSC00291Equipe em oficina sobre respiração consciente e alimentação consciente facilitada por Monja Myoden e Preceitada Hoden

Formação continuada com o tema Estupro de Vulnerável e a Nova Lei de Estupro, facilitada por delegado Daniel Azevedo

Equipe com conferencista Áurea Carolina no I Simpósio da ONG SOS Mulher e Família