Linha do tempo

1996

Idealização da ONG

Participação de pesquisadoras do Núcleo de Estudos de Gênero e Pesquisa sobre a Mulher da Universidade Federal de Uberlândia (NEGUEM / UFU), representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, de outras organizações do terceiro setor e do movimento social feminino.


1997

Fundação da ONG

No dia seis de março de 1997, a ONG SOS Mulher e Família de Uberlândia foi oficialmente constituída pelo grupo idealizador, consolidando-se posteriormente com a participação da sociedade civil, especialmente por meio do voluntariado. A partir de então ocorre a efetiva implementação dos serviços e o consequente mapeamento da violência doméstica conjugal e familiar na realidade local e regional.


1998

Formalização e Subvenção

A ONG é formalizada como Utilidade Pública Municipal, Estadual e Federal e começa a receber subvenção da Prefeitura Municipal de Uberlândia.
2001

Criação de Divisão Especial

Membros da ONG constituem e dirigem a Divisão dos Direitos da Mulher e Políticas de Gênero na Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura Municipal de Uberlândia, com ações integradas a outras secretarias, gratuidade do exame de DNA para reconhecimento de paternidade, capacitação de equipes do Programa Saúde da Família e profissionais da educação, realização do Domingo Mulher Família, realização do Seminário Regional de Casa Abrigo e articulação em rede, formação de lideranças femininas incluindo mulheres dos distritos de Tapuirama, Cruzeiro dos Peixotos, Santa Maria e Martinésia.
2002

Criação da Casa Abrigo Travessia

Elaboração e conclusão do projeto de constituição da Casa Abrigo Travessia para abrigar mulheres e filhos em risco de morte pela violência doméstica.
2003

Criação do Programa PAM

Constituição da Patrulha de Atendimento Multidisciplinar (PAM), uma parceria entre a ONG SOS Mulher e Família, a Polícia Militar de Minas Gerais, a Universidade Federal de Uberlândia e a Prefeitura Municipal de Uberlândia para abordagens domiciliares em situações de violência familiar.


2007-2010

Produção de vídeos educativos

Em 2007 e em 2010, com apoio da Universidade Federal de Uberlândia, a ONG produz os vídeos educativos “Metendo a Colher – A vida recomeça quando a violência termina” (com depoimentos de usuárias do serviço) e “Por que ela simplesmente não vai embora?” com a participação da rede de enfrentamento à violência conjugal e familiar.
2011-2013

Prêmio Excelência Cidadã – CDL e CMU

A ONG e o Programa PAM são premiados pelo trabalho realizado referente aos biênios 2012/2013 e 2014/2015.



2012

Lançamento do livro

Publicação e Lançamento de "Livro Da Lagarta à Borboleta: Pesquisas e Intervenções em Violência Intrafamiliar". O livro organizado pelas pesquisadoras Cláudia Guerra, Gercina Novais e Analúcia Vieira é um dos produtos técnicos resultantes do Projeto PEIC em parceria com a Universidade Federal de Uberlândia.


2013

Voluntariado Internacional

O Programa de Voluntariado Internacional da Celanese (CIIP – Celenase Impact Program) trouxe para Uberlândia em, setembro de 2013, uma equipe de executivos voluntários da empresa Celanese para trabalhar em projetos relacionados ao meio ambiente e/ou causas sociais. A ONG SOS Mulher e Família de Uberlândia foi uma das três instituições da cidade a ser contemplada com o projeto “Pesquisa de Clima Organizacional e propostas de melhorias das práticas de Recursos Humanos a fim de aliviar obstáculos atuais no trabalho em equipe e relacionamento com parceiros e voluntários”. Alex Kennedy (Alemanha), Joanne Yen (Singapura) e Andrea Davis (EUA) passaram um mês na ONG, dando inúmeras contribuições principalmente relacionadas à gestão.